terça-feira, 7 de junho de 2011

ANTIOXIDANTES retardam o envelhecimento

Polifenóis

        São substâncias naturais do metablismo secundário das plantas (O primario forma glicose).        São chamados : flavonóides, taninos, lignanas propriedades ANTIOXIDANTES, Eles tem diversas funções na natureza e no corpo humano. Sua principal propriedade é ANTIOXIDANTE, retardando os processos de envelhecimento do corpo. Além disso possuem algumas funções terapêuticas, ou seja,  cada tipo de polifenol trata de algum mal. Os POLIFENÓIS são uma ou mais hidroxilas (Oxigenio com Hidrogênio - OH)  ligadas a um fenol ou anel aromático (Composto de 6 carbonos ligados em anel).

Flavonóides
     Encontramos nos legumes, frutas, ervas, cereais e no mel, sendo famosos os encontrados no girassol, uva,  alcachofra, soja e no cacau.

       As funções dos flavonóides: antioxidativa, anti-aterosclerose,  hipolipidêmicas (Lin et al., 1986), antinflamatória, vasodilatadora, antialgica, anti-tumoral, anti-hepatotóxica (silibina), anti-ulcerogênica, antiplaquetáia, antimicrobiana e antiviral (Lin et al., 1997, Vieira Jr, 2003),  fragilidade capilar antiandrogênica, reduzindo a fertilidade em machos (Bhargava, 1989). Ação diurética, expectorante, antiespasmódica, tônico cardio-circulatório.

        Por exemplo os da uva conservam a saude das artérias, evitando a aterosclerose. Os flavonóides do limão, como a rutina (quercetina) e hesperidina (do pericarpo ou casca branca  dos cítricos), fortalecem os capilares e veias.


        Os da soja funcionam como fito-hormônios, as isoflavonas, (daidzina e daidzeína) favorecendo a saúde da mulher após os 35 anos, resgatando o desejo sexual, mantendo a saúde dos ossos, e cartilagens (juntas), retardando o envelhecimento, principalmente apos a menopausa. Os médicos receitam de 50 a 150 mg de isoflavonas, conforme a necessidade. 

ALGUMAS  OCORRÊNCIAS


NOME POPULAR/
CIENTÌFICO
INDICAÇÃO
Calêndula,
 Calendula officinalis
Cicatrizante
Carqueja,
Baccharis trimera
Anti-hepatotóxico
Arruda,
Ruta graviolens
Aumenta a resistência capilar e favorece absorção da vit. C
Erva-de-bicho,
 Polynum acre
Vasoconstritor e anti-parasitário no tratamento de hemorróidas
Laranja-amarga,
Citrus auranticum
Estimulante digestivo colerético (favorece secreção de bile)
Ginkgo,
Ginkgo biloba
Favorece Processos  circulatório e evita  degeneração
Noz-de-cola,
 Cola nítida
Aumenta a resistência capilar
Sabugueiro, Sambucus nigra
Aumenta a resistência capilar
Maracujá,
 Passiflora alata
Calmante
Antocianinas
cascas de frutos (beringela, jambolão e uva) e pétalas de flores.

Antioxidantes


       Taninos

        Tem característica ácida. Possui propriedades Adstringentes, hemostáticas, anti-sépticas, tonificantes e antimicrobianas (bactérias e fungos).
       No uso interno : antidiarrêico, proteção de mucosas (boca e garganta), antídoto  nas intoxicações com alcalóides (alcalinos) e metais pesados.

          Se ingeridos em doses elevadas, os taninos podem impedir a absorção de certos minerais como o cálcio e o ferro.

        As plantas mais ricas em taninos são:

Planta
Função
Chá verde
(Camellia sinensis):
taninos carcinogênicos (antitumorais)  e  antioxidantes (seqüestram radicais livres)
Barbatimao
Stryphnodendron barbatiman
(uso externo), cicatrizante;; tratamento de úlceras, feridas hemorrágicas. lavagens vaginais.     adstringente, hemostática (paralisa hemorragias uterinas).   No combate: do escorbuto, gargarejos na dor de garganta.
Uso interno em dosses baixas , com cuidado:  hérnias, gastrite e diarréias.
Carvalho, noz-de-galha (Quercus spp)
Nos curtumes, os taninos impedem o couro de apodrescer.
Rheum spp (ruibarbo)

laxante
Cinchona spp (quina)
Antimalarico

Cinnamomum spp (canelas)
Antisséptico

Aesculus hippocastanum (castanheira)
Tratamento de varizes
Paulinia cupana (guaraná)


amieiro,
avenca,
bistorta,
chá-preto (Tea sinensis),
faia,
hamamélis,
morangueiro (folhas), nogueira,
salgueirinha,
tormentilha,
ulmeiro








Nenhum comentário:

Postar um comentário